Abert diz que “guerrilha hostil” tem que cessar

Truculência da Anatel para desnacionalizar a mídia choca o setor

Anunciou transferência de quatro freqüências da TV aberta para teles

Os constantes atropelos à legislação brasileira executados pela Anatel para que as teles avancem o seu controle sobre o conjunto da mídia, desnacionalizando de vez o setor, provocaram forte protesto. A gota d’água foi a decisão da Agência de reduzir o espectro de UHF ocupado por repetidoras de TVs abertas passando quatro canais para as teles utilizarem em transmissões de TV paga em 4 mil municípios. Em nota, a Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) exigiu a cessão “das condutas de guerrilha deliberadamente hostis à radiodifusão brasileira” por parte da Anatel.

 

Página 3

Voltar

Paginas: 1 2  3  4  5  6  7  8

Páginas desta edição 
1 2 3 4 5 6 7 8
Índice
 Biblioteca
1992 1998 2004
1993 1999 2005
1994 2000 2006
1995 2001 2007
1996 2002  
1997 2003  
Matérias Especiais
Assinatura

Não tropece

na lingua

Caderno Especial

O assassinato de Máximo Gorki

1 2

Caderno Especial Historia do PCUS

1 2

Caderno Especial Confissões de Bukharin

Expediente