Favorecimento escandaloso, imoral e ilegal

Anatel se amanceba com teles para matar concorrência na área de telefonia e mídia

Caso da venda da TVA pelo grupo Abril à Telefônica foi apenas a ponta do iceberg

 Ao aprovar na última terça-feira a compra das operadoras de celular TIM e Telemig Celular pela Vivo (Telefónica) - concentrando 53,65% dos celulares - e a aquisição da empresa mineira de TV a cabo Way TV pela Oi (Telemar) - permitindo uma empresa de telefonia entrar no setor de TV a cabo -, a Anatel passou escandalosamente por cima da lei para favorecer as empresas de telefonia, em sua maioria estrangeiras, no açambarcamento das telecomunicações no Brasil. Para o presidente da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA) Alexandre Annenberg, a anuência da Anatel foi “um golpe às regras”.

Página 3

Voltar

Paginas: 1 2  3  4  5  6  7  8

Páginas desta edição 
1 2 3 4 5 6 7 8
Índice
 Biblioteca
1992 1998 2004
1993 1999 2005
1994 2000 2006
1995 2001 2007
1996 2002  
1997 2003  
Matérias Especiais
Assinatura

Não tropece

na lingua

Caderno Especial

O assassinato de Máximo Gorki

1 2

Caderno Especial Historia do PCUS

1 2

Caderno Especial Confissões de Bukharin

Expediente