Lula aplaude Maduro e critica EUA: ‘vira e mexe os americanos cismam em contestar uma eleição’ 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu na segunda-feira (15) uma salva de palmas aos participantes do seminário do PT, em Belo Horizonte, para Nicolás Maduro, que derrotou o candidato pró-EUA, Henrique Capriles, na eleição presidencial da Venezuela realizada no domingo (14).

Lula criticou o governo norte-americano por cobrar recontagem dos votos na eleição venezuelana (ver também na página 7).

"É muito engraçado porque, com todo respeito que eu tenho pelos americanos e, certamente, a diplomacia não permite que no exercício do mandato a gente diga todas as coisas que quer, mas como ex-presidente a gente pode dizer porque vira e mexe os americanos cismam em contestar uma eleição. [...] Por que eles [americanos] não se preocupam um pouco com eles e deixam que a gente decida o nosso destino?", questionou Lula.

Além de Lula, estavam presentes ao seminário do PT, a presidenta Dilma, o presidente do partido, Rui Falcão, o presidente da Fundação Perseu Abramo, Márcio Pochmann, ministros e parlamentares.

Na sua campanha eleitoral, Maduro conclamou o povo venezuelano a defender o legado do presidente Hugo Chávez, falecido em março, e derrotar Capriles.

Mais cedo o ex-presidente foi homenageado pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais com o título de cidadão honorário do Estado. Ele agradeceu a Minas por dar ao país o ex-vice-presidente José Alencar e a presidenta Dilma Rousseff.


Capa
Página 2
Página 3

ANP diz que pretende entregar pré-sal às múltis de 2 em 2 anos

Advogados de réus da AP 470 repudiam Barbosa por cercear direito de recursos

Dilma parabeniza Nicolás Maduro pela vitória eleitoral na Venezuela

Lula aplaude Maduro e critica EUA: ‘vira e mexe os americanos cismam em contestar uma eleição’ 

Requião: governo caiu na armadilha da privatização

Gleisi rejeita respeitar autonomia do porto de Suape, como pediu Eduardo Campos

“Barbosa acha que pode tudo”, afirma líder da Associação dos Magistrados

Tarso: A “Grande Mídia” é intolerante -1

Banquete pago por advogado para Luiz Fux pega mal e é cancelado

Página 4 Página 5 Página 6

Atos em Washington e Nova Iorque exigem fechamento de Guantánamo

Torturas no campo de concentração leva a rebelião dos presos e greve de fome

   Portugueses exigem fim do arrocho e do desemprego em ato comandado pela CGTP

Ingleses lotam Trafalgar Square para expressar sua repulsa a Thatcher cantando: “A bruxa está morta!”

Guantánamo está me matando

RPDC quer que Coreia do Sul se desculpe por desrespeito à imagem dos líderes nacionais

EUA usa seus drones para atacar funerais no Paquistão

Página 7 Página 8

As razões da Coreia Popular frente à agressão dos EUA & seus satélites