ESPORTES

VALDO ALBUQUERQUE

Fla-Flu no Pacaembu após 74 anos: placar fica no zero 

Com Maracanã e Engenhão em obras para as Olimpíadas, Flamengo e Fluminense jogaram pela segunda vez em São Paulo, no Pacaembu, em jogo válido pela Taça Guanabara, que é o segundo turno do Campeonato Carioca. De bom mesmo apenas o comportamento das torcidas, que se misturaram na arquibancada e nas numeradas do estádio, com ampla maioria para os rubro-negros. Em campo, os times não saíram do zero, em um jogo muito fraco, para decepção do público presente.

Menos mal para o Mengão, que somou quatro pontos, os mesmos do Botafogo, e assumiu a terceira colocação do torneio. Já o Tricolor ficou na sexta posição com apenas dois pontos.

O Flamengo tomou a iniciativa de ataque, mas nada de muito produtivo. A única chance de gol quem teve foi o Fluminense em uma cabeçada de Cícero aos 30 minutos. E foi só no primeiro tempo. No segundo tempo muitos erros de ambos os lados. Gustavo Scarpa (Flu) e Emerson Sheik (Fla) erraram chutes na entrada da área, nas únicas jogadas de perigo.

Durante a execução do Hino Nacional os torcedores gritaram “Fora PT” e exibiram cartazes de apoio ao juiz Sérgio Moro e à Operação Lava Jato.

O clássico carioca teve um bom público, 30.188 pessoas, em sua maioria de São Paulo.

Em 1942, as duas equipes cariocas também empataram em zero a zero no Pacaembu, pelo Torneio Quinela de Ouro.

Em Cariacica (ES), o Vasco venceu o Boavista por 1 a 0, gol do volante Marcelo Mattos, ante um público de 18 mil presentes. Assim, a Cruz de Malta segue na liderança com seis pontos. Destaque para a grande atuação do atacante Nenê, que comandou a equipe do Vasco da Gama.

Com um diminuto público de 996 pagantes no estádio Los Larios, em Xerém, o Botafogo venceu o Madureira por 1 a 0, tento anotado por Bruno Silva, chegou a quatro pontos e assumiu a vice-liderança pelo critério de gols marcados.

 

Capa
Página 2
  Página 3

Povo brasileiro exige imediata convocação de eleições gerais

Partidos na ABI concluem: o caminho é chamar o povo às urnas e resolver a crise

Ministro da Justiça provoca revolta na PF

Para juristas, Sérgio Moro foi correto ao divulgar grampos

Lava Jato descobre o Setor de Propina da Odebrecht

Governo sofre derrota no STF e Lula continua fora do ministério

Página 4 Página 5

Metalúrgicos de S. José lançam campanha ‘Fora PT/PMDB/PSDB’

RJ: servidores voltam às ruas e secretário diz que salário poderá ser parcelado novamente

Governo do PR estrangula universidades estaduais exigindo transferência de 80% dos seus recursos

2,5 mil estivadores do Porto de Santos fizeram paralisação de 24 horas por reajuste salarial e direitos

Governo deveria desistir de alterar Previdência, diz Paim

Situação é de fome nas escolas de São Paulo, relata professora

ESPORTES

Página 6

Pacto UE-Turquia agrava a crise com deportação de refugiados

Argentina: pesquisa aponta redução drástica do poder aquisitivo dos 10% mais pobres desde a posse de Macri

Ministro do Trabalho inglês renuncia contra corte no orçamento para apoio a deficientes

Bruxelas: atentados deixam 34 mortos e mais de cem feridos

Exército sírio avança para retomar do EI cidade histórica de Palmira

Página 7

Raúl: ‘Normalização só com fim do bloqueio e volta de Guantánamo’ são essenciais”

Para Cuba, “direitos humanos e direitos sociais são indissolúveis”

Bloqueio dos EUA a Cuba é ‘Plano Marshall’ às avessas: perdas vão a US$ 121 bilhões

FDIM homenageia na ONU Vinnie Burrows, presidente da ‘Mulheres por Igualdade Racial e Econômica’- WREE

Bernie Sanders vence nas primárias internacionais do Partido Democrata

RPDC pede ao CS da ONU para tratar das manobras dos EUA/Seul

Banco dos BRICS começa a operarcom yuan em substituição ao dólar

Okinawa: marine estupra japonesa e multidão exige: fora tropas ianques

Página 8

História da Petrobrás - (5)