PF seguirá com investigação a Beto Richa (PSDB)

STJ autoriza inquérito para investigar tucano Richa por relações com a Odebrecht

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) autorizou abertura de inquérito contra o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), investigado por supostos crimes citados na delação da Odebrecht.

O ministro Og Fernandes, do STJ, autorizou a abertura do inquérito solicitado pelo vice-procurador-geral da República José Bonifácio Andrada, para investigar o envolvimento de Richa, no recebimento de propina para as campanhas eleitorais.

O governador teve seu nome citado na delação premiada de executivos da empreiteira Odebrecht e está na segunda lista do Procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, de políticos com foro privilegiado que devem ser investigados. Os delatores afirmam que o governador recebeu valores da empreiteira via caixa 2.

Os ex-executivos da empreiteira que fizeram delação, Benedicto Júnior, conhecido como BJ, e Valter Lana, afirmaram aos investigadores da Lava Jato que a Odebrecht financiou três campanhas de Richa com dinheiro de caixa dois e registrado pelo setor de operações estruturadas da empreiteira, o conhecido departamento de propina. Ainda segundo BJ, o tucano somente em 2014 o tucano recebeu o montante superior a R$ 4 milhões, quando concorria a reeleição pelo estado.

Com a abertura deste inquérito, esse será o terceiro que o governador do Paraná responderá no STJ. Richa já é investigado no âmbito da Operação Publicano e em um processo que apura licenças ambientais concedidas em Paranaguá.

O ministro Fernandes encaminhou o pedido de diligências à Policia Federal, que seguirá com a apuração do que foi solicitado pela PGR.


Capa
Página 2
Página 3

Procuradores: MP 784 é afronta à Lava Jato

Por 3 a 2, 1ª Turma do STF decide manter a irmã de Aécio na prisão

Aécio desrespeita decisão do STF, diz Janot

Juristas pedem investigação para apurar delitos de Gilmar Mendes

Ato de filiação de João Vicente Goulart ao PPL será na Assembleia Legislativa de SP

Joaquim Barbosa: “a decisão correta é convocar o povo”

Reale: “cúpula do PSDB faz acordo espúrio com Temer”

Fachin nega pedido de Lula para suspender ação do Triplex

Página 4 Página 5

Cresce adesão de categorias em apoio à greve geral dia 30

Curitiba: servidores invadem Câmara e barram votação de pacote que congela salários e arrocha o município

Senadores Paulo Paim e Randolfe repudiam relatório favorável ao PL da reforma trabalhista

Servidores municipais de Alagoas entram em greve por tempo indeterminado contra reajuste salarial zero

Morre mais um funcionário após acidente em sonda da Odebrecht

Luta contra retirada de direitos marca 8º Congresso da Força

ESPORTES - Seleção goleia a Austrália em amistoso de Melbourne : 4 a 0

 

Página 6

Webb: ‘Cortes neoliberais fazem de prédio londrino tragédia anunciada’

“Russia pode fornecer asilo a ex-diretor do FBI” ironiza Putin

Estudantes venezuelanos rechaçam farsa constituinte de Maduro e entrega das riquezas do “Arco Mineiro”

Bolívia: Ministério do Exterior exige que bolivianos presos pelo Chile, ao deterem contrabandistas, sejam liberados

Implicado em subornos da Odebrecht, ex-presidente do Panamá é preso em Miami

Macri corta pensões de 170 mil portadores de necessidades especiais

Página 7

EUA lança bombas de fósforo branco contra cidade de Mossul

Espanha: Banco Popular quebra e é vendido ao Santander por 1 euro

Comitê pela Reunificação conclama todos os coreanos a manter no alto a bandeira da pátria independente e unida

“Plano da Europa para refugiados fracassou”, afirma o alto comissário das Nações Unidas

O tamanho real do desemprego nos EUA
 

Página 8

João Goulart: a luta e as conquistas que corruptos e entreguistas querem usurpar