CPT repudia o assassinato de sobrevivente da chacina de Pau D’Arco, no Pará

Pouco mais de um mês após o massacre ocorrido em Pau D’Arco (PA), onde 10 trabalhadores rurais foram brutalmente assassinados, Rosenildo Pereira de Alemeida, conhecido como Negão, de 44 anos, foi executado a tiros na noite do último sábado, dia 7, na cidade de Rio Maria, cerca de 60 quilômetros de Pau D’Arco.

A Comissão Pastoral da Terra e o Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos (CBDDH) divulgaram uma nota de repúdio: “Esse novo assassinato é fruto da omissão do governo federal e do governo do Pará em relação ao Massacre de Pau D`Arco. Após a morte de dez companheiros, os camponeses voltaram a ocupar área próxima a fazenda Santa Lúcia, exatamente para que as mortes não tivessem sido em vão”.

O Estado do Pará até hoje não tomou nenhuma medida no sentido de garantir a vida de trabalhadoras e trabalhadores rurais ou para superar o conflito. Foi necessária a entrada da Polícia Federal para a realização de uma investigação mais isenta e rigorosa, já que as mortes ocorreram em uma ação de policiais militares e civis.

Ainda segundo a nota, “é urgente que o Estado do Pará adote medidas efetivas para garantir a vida e a integridade das trabalhadoras e trabalhadores rurais acampados da Fazenda Santa Lúcia”.

PRISÃO

O juiz da Vara Criminal do município paraense de Redenção, Haroldo Silva da Fonseca, decretou nesta segunda-feira, dia 10, a prisão temporária de 11 policiais militares e dois policiais civis acusados de envolvimento na chacina que resultou na morte dos dez posseiros, durante a ação de reintegração de posse no acampamento na Fazenda Santa Lúcia, em Pau d’Arco, no sudeste do estado. A ação ocorreu no dia 24 de junho, com a particiação de 29 policiais, sendo 21 militares e oito civis. Pela decisão, eles deverão ficar recolhidos em quartel ou prisão especial, conforme determina o Código de Processo Penal.


Capa
Página 2
Página 3

“Lula agiu com culpabilidade extremada”, afirma juiz Moro

Moro a Lula: a lei ainda está acima de você

Maluf garante que Temer é honesto

Geddel sai da Papuda para prisão domiciliar

Deputado acusa Temer de obstruir a Justiça

Para Major Olímpio, Temer implantou na CCJ uma “cafetinagem parlamentar”

Temer pede R$ 600 mil de Joesley como indenização

Farsantes Michel Temer e Maia prometeram MP para dar golpe na CLT

Página 4 Página 5

Randolfe: ‘senadores assinaram a mais cruel lei aqui já aprovada’

Mulher grávida poderá trabalhar em locais que causam riscos à saúde

“Povo foi traído por um Congresso vendido e ladrão. Eleições gerais já”, defende Paim

Ministério Público do Trabalho exige veto total ao PL e denuncia inconstitucionalidade ao STF

Conlutas: ‘Ataque aos direitos trabalhistas foi aprovado por parlamentares que estão no bolso da Odebrecht’

Bira: Congresso aprovou um projeto rejeitado pelo povo

ESPORTES - Timão 2 x 0 Palmeiras: quem para o Corinthians?

 

Página 6

“Pátria ou dólar”: a luta do povo argentino contra a parasitagem

Ministério Público do Peru requer prisão de ex-presidente Humala que Odebrecht subornou

“Assad teria 90% dos votos numa eleição na Síria”, afirma senador norte-americano

Procuradora-geral da Venezuela afirma que permanece “no cargo para defender a democracia”

Marea Socialista: “Resta à Venezuela retomar a Constituição de Hugo Chávez”

Página 7

Mossul arrasada pelas bombas ianques: 1 milhão de desalojados

      Lavrov: evacuação caótica de Mossul fez com que mais pessoas morressem

    
Trump Jr. chamado para fazer uma ponta no novelão “os russos estão chegando”

     Premiê May oculta relatório sobre os financiadores de terroristas para acobertar Arábia Saudita, diz a oposição

Congo frustra tentativa de ‘viúvas’ de Mobuto para assassinar líder do PC e aliado do presidente Kabila

     A Índia, 2º país mais populoso, adota política de planejamento familiar

    Chanceler de Omã visita o Irã por solução para crise no Golfo

 

Página 8

“Anna Karenina” vai abrir a 4ª Mostra Mosfilm no Brasil

Diretor Karen Shakhnazarov estará presente na abertura da Mostra

Publicidade