Joan Manuel Serrat: “governo espanhol deve conversar com as forças catalãs”

Provavelmente a maior figura intelectual da Catalunha na atualidade, e ex-exilado da ditadura franquista, o cantor, compositor e poeta Joan Manuel Serrat afirmou durante homenagem que recebeu em Rosário, Argentina, que o governo espanhol “por uma vez, ainda que seja só uma vez, tome a iniciativa política e em lugar de mandar contra a cidadania as forças públicas, mostre vontade de conversar com as forças políticas catalãs”.

“Crendo nas autoridades espanholas e catalãs lhes peço que falem ainda que não saibam do quê. Que falem ainda que não tenham nada que se dizer, porque nunca se fala o suficiente quando há vontade de solucionar coisas. Ou apartem-se e deixem que sejam outros os que falem”, acrescentou o cantor. de 73 anos.

Serrat também criticou o governo da Generalitat. “Seria bom se ele abandonasse sua atitude sectária e proselitista e que antes de nos enviar a todos os catalães para o limbo da terra prometida da independência, falasse sobre os custos que nos representarão para os cidadãos irem para o céu ou desse uma mão para resolver esta situação de tensão, incerteza em que não merecemos viver”. O artista salientou que “uma vez que foi pedida a consulta sobre a independência, eu me expressei ao nível individual, contrariando os caminhos, a imprudência com que foi feita e a forma como o governo catalão a aprovou no processo de urgência".

"A isso", continuou Serrat, "o governo espanhol não teve melhor resposta do que lançar gasolina no fogo. Como minha mãe disse: eles a mataram e ela morreu sozinha."
Serrat também advertiu sobre os perigos da divisão da sociedade catalã. "Assim, lançando uns aos outros as culpas de um conflito que não se resolve estão passando os dias, as situações são agravadas e uma fratura é provocada entre diferentes partes da sociedade catalã que tem sido historicamente caracterizada por viver sempre entre esses magníficos valores que são o julgamento e a explosão", assinalou. "O que vivemos na Catalunha hoje, senhoras e senhores, é um fracasso. E, como o intelectual Joan Fuster disse, um fracasso nunca é improvisado. É construído", finalizou.
 

 
 
 


Capa
Página 2

Página 3

Auxiliar de Temer é flagrado tratando de propina com JBS

Temer sanciona lei do Fundão bilionário

Para pesquisa, 70% não vê diferença entre PT e PSDB; 63,7% não votariam em candidatos desses partidos

Juiz Sérgio Moro cobra de Lula os originais dos recibos dos aluguéis

Exposição na Câmara presta homenagem a João Goulart

Temer obstrui a Justiça trocando deputados na CCJ

É urgente o fim do foro privilegiado, diz Fachin

Gilmar Mendes é alvo de outro tomataço em S. Paulo

AGU de Temer envia ao STF parecer a favor de Aécio

Página 4 Página 5

Cobap organiza audiência para combater ataque à Previdência

“Querem é livrar a cara dos maiores devedores da Previdência e descontar no trabalhador”, diz dep. Faria de Sá

“Reforma trabalhista não será aplicada acima da Constituição”, afirmam juízes do Trabalho

GM: Metalúrgicos de S. J dos Campos rejeitam acordo sem aumento real e que corta direitos

Para Superior Tribunal Justiça, suspender auxílio-doença sem perícia médica é ilegal

Correios aceitam acordo que renova ACT e encerram greve

Redução de direitos: Petroleiros rejeitam proposta e encerram assembleias defendendo greve

Justiça do RJ proíbe governo de cortar salários de grevistas

 

 

Página 6

Espanhóis se unem por diálogo e na condenação à repressão de Rajoy

“Joan Manuel Serrat: “governo espanhol deve conversar com as forças catalãs”

“Ganhamos o direito à independência, mas propomos o caminho do diálogo”, afirma chefe do governo catalão

“Norte-americanos entregaram 1.421 caminhões com armas e equipamentos a terroristas do EI”, afirma general sírio

Turquia responde a veto dos EUA a cidadãos turcos e suspende a emissão de vistos a norte-americanos

Encontro de comunicadores anti-imperialistas reafirma o legado guevarista

Página 7

Evo: “Che vive na luta contra o império e em defesa dos povos”

    Apontamentos de Che sobre um livro famoso

    Partido do Trabalho completa 72 anos à frente da construção socialista na RPDC

    Air Berlin, a 2ª maior empresa aérea alemã, está insolvente há três meses e vai demitir 1.400


 

Página 8

Apontamentos de Che sobre um livro famoso