PA: Justiça condena Cyrela por fraudar direitos do trabalhador 

A Justiça do Trabalho do Estado do Pará condenou na terça-feira (10) o grupo imobiliário Cyrela a pagar R$ 1 milhão em danos morais por fraudar a relação de emprego de corretores.

O grupo, formado pela Cyrela Brasil Realty, Cyrela Moinho Empreendimentos Imobiliários e Seller Consultoria Imobiliária, foi acusado pelo Ministério Público do Trabalho no Pará e no Amapá (MPTPA/AP) por utilização de falsos contratos de parceria para esconder que os corretores eram funcionários. Segundo o MPT, a construtora criou uma empresa do ramo imobiliário para trabalhar na venda de seus empreendimentos, a Selle. A empresa contratava corretores com o argumento de que eles não possuiriam possuíam vínculo direto com a Selle, porém os corretores exerciam suas atividades com subordinação e jornada de trabalho fixada por meio de prazos, metas e punições.

A Cyrela terá que pagar além da multa, o valor destinado ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) ou a alguma entidade sem fins lucrativos (indicada pelo MPT), e terá de assinar a carteira de trabalho de seus atuais e futuros corretores, desde que submetidos ao regime de subordinação, e não mais praticar a contratação de pessoa física como pessoa jurídica, a chamada “pejotização”. O grupo também foi proibido de contratar mão de obra subordinada por meio de outras empresas, a chamada terceirização irregular, que não garante os direitos trabalhistas dos empregados. 

 

Capa
Página 2

Página 3

STF decide amesquinhar-se e favorece o tucano Aécio

Relator de estimação de Temer foi da UDN, da Arena e vice de Maluf na eleição de 89

Maia finge que está zangado com Temer

Molon: “Quem está sob suspeita e precisa ser processado é Temer”

Randolfe: ‘STF contribuiu com a impunidade’

Exposição da heróica trajetória de Jango é inaugurada na Câmara

Apartamento de Lula: Hospital confirma visita de contador a Glaucos para forjar pagamentos

TRF-2 revoga prisão do almirante Othon Pinheiro

Página 4 Página 5

Em encontro, juízes aprovam combate à “reforma” da CLT

SP: metalúrgicos reúnem centenas contra aplicação da lei da escravidão

Policiais civis e técnicos-científicos aderem à greve no RS contra parcelamento de salários

Sintergs: ‘greve é pelo pagamento dos salários e contra essa política de desmonte do nosso Estado’

Gilmar Mendes decide que Sartori pode demitir servidores de estatais sem negociação coletiva

FST convoca mobilização dia 27 contra ‘reformas’ de Temer

PA: Justiça condena Cyrela por fraudar direitos do trabalhador

Justiça cobra União sobre contratos de hospitais do RJ. Médicos alertam para caos

 

 

 

Página 6

Servidores saem às ruas contra arrocho e demissões de Macron

Comissão do Senado do Paraguai: camponeses de Curuguaty são vítimas de “aberração jurídica”

Israelenses e palestinas atravessam Israel em “Marcha pela Paz”

Afegãos alertam os norte-americanos: “Invasores não terão descanso”

Fantoches líbios aprisionam 3.151 migrantes em campo de concentração

Ministério Público de Portugal indicia o ex-primeiro-ministro Sócrates em 31 crimes de corrupção

Ex-ministros de Chávez conclamam eleitores a não votar em maduristas nem na coalizão direitista MUD

Página 7

Trump envia ao Congresso pacote de maldades contra imigrantes

    Correio da Irlanda lança selo para homenagear Che Guevara

    Incêndios alastram-se e deixam mais de 20 mortos na Califórnia

    Direto da ‘creche de adultos da Casa Branca’: Trump desafia Rex Tillerson para teste de QI


    Japonesa Kobe Steel admite fraude em relatórios de qualidade


   'Se Trump retirar-se do Acordo Nuclear, EUA é que mais perderá’, afirma Rouhani, presidente do Irã



 
  EUA faz provocação à RPDC com bombardeiros estratégicos  



 

Página 8

Os Andradas e outros heróis da Independência do Brasil - 9