Ex-ministros de Chávez conclamam eleitores a não votar em maduristas
nem na coalizão direitista MUD

A Plataforma Cidadã em Defesa da Constituição da Venezuela divulgou um comunicado chamando os eleitores a que votem em candidaturas que não respondam nem aos partidos da Mesa da Unidade Democrática (MUD), nem ao Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), ou, em locais onde não haja candidatos de fora destas duas siglas, que votem nulo.

A Plataforma orienta ainda o voto nulo onde não haja candidatos bons que tenham um perfil independente desses dois setores, que combatam a corrupção e o burocratismo e defendam a Constituição chavista de 99 frente ao curso pouco democrático que avaliam no governo de Nicolás Maduro - no PSUV e na Assembleia Nacional Constituinte.
Assinam ex-ministros do presidente Hugo Chávez que foram afastados no governo de Maduro quando de sua guinada política. Subscrevem o comunicado Héctor Navarro, Ana Elisa Osorio, Gustavo Márquez, Oly Millán, Edgardo Lander, Santiago Arconada, Esteban Emilio Mosonyi, Freddy Gutiérrez, Cliver Alcalá Cordones, Juan García, Carlos Carcione, César Romero e Gonzalo Gómez.

Divulgado em 9 de outubro de 2017, o documento denuncia a degradação do sistema eleitoral venezuelano com manobras do Conselho Nacional Eleitoral que ficou atrelado ao Executivo Nacional.

Apesar de que - na opinião dos assinantes - essas eleições estão cheias de irregularidades e violações, consideram que "as votações regionais de 15 de outubro constituem uma oportunidade para começar a dar expressão política a outra Venezuela:

Uma oportunidade para demonstrar que essa outra Venezuela existe. É a Venezuela que acredita na necessidade da recuperação e aprofundamento da democracia. Que busca defender a Constituição do ano 1999. É a Venezuela que exige que, além da conveniência política dos setores polarizados, se tomem medidas imediatas ante a severa crise humanitária que o país vive. Que rechaça a generalizada corrupção tanto pública como privada. Que exige uma auditoria cidadã da dívida pública e uma imediata renegociação de dita dívida de forma que os limitados recursos financeiros do Estado não sejam dedicados ao pagamento pontual da dívida enquanto que a população carece de alimentos e medicamentos básicos. É a Venezuela que rechaça o projeto neoliberal, entreguista e genocida do Arco Mineiro do Orinoco através do qual o governo de Maduro pretende substituir o depredador regime rentista do petróleo por um extrativismo ainda mais depredador: o mineiro.


Capa
Página 2

Página 3

STF decide amesquinhar-se e favorece o tucano Aécio

Relator de estimação de Temer foi da UDN, da Arena e vice de Maluf na eleição de 89

Maia finge que está zangado com Temer

Molon: “Quem está sob suspeita e precisa ser processado é Temer”

Randolfe: ‘STF contribuiu com a impunidade’

Exposição da heróica trajetória de Jango é inaugurada na Câmara

Apartamento de Lula: Hospital confirma visita de contador a Glaucos para forjar pagamentos

TRF-2 revoga prisão do almirante Othon Pinheiro

Página 4 Página 5

Em encontro, juízes aprovam combate à “reforma” da CLT

SP: metalúrgicos reúnem centenas contra aplicação da lei da escravidão

Policiais civis e técnicos-científicos aderem à greve no RS contra parcelamento de salários

Sintergs: ‘greve é pelo pagamento dos salários e contra essa política de desmonte do nosso Estado’

Gilmar Mendes decide que Sartori pode demitir servidores de estatais sem negociação coletiva

FST convoca mobilização dia 27 contra ‘reformas’ de Temer

PA: Justiça condena Cyrela por fraudar direitos do trabalhador

Justiça cobra União sobre contratos de hospitais do RJ. Médicos alertam para caos

 

 

 

Página 6

Servidores saem às ruas contra arrocho e demissões de Macron

Comissão do Senado do Paraguai: camponeses de Curuguaty são vítimas de “aberração jurídica”

Israelenses e palestinas atravessam Israel em “Marcha pela Paz”

Afegãos alertam os norte-americanos: “Invasores não terão descanso”

Fantoches líbios aprisionam 3.151 migrantes em campo de concentração

Ministério Público de Portugal indicia o ex-primeiro-ministro Sócrates em 31 crimes de corrupção

Ex-ministros de Chávez conclamam eleitores a não votar em maduristas nem na coalizão direitista MUD

Página 7

Trump envia ao Congresso pacote de maldades contra imigrantes

    Correio da Irlanda lança selo para homenagear Che Guevara

    Incêndios alastram-se e deixam mais de 20 mortos na Califórnia

    Direto da ‘creche de adultos da Casa Branca’: Trump desafia Rex Tillerson para teste de QI


    Japonesa Kobe Steel admite fraude em relatórios de qualidade


   'Se Trump retirar-se do Acordo Nuclear, EUA é que mais perderá’, afirma Rouhani, presidente do Irã



 
  EUA faz provocação à RPDC com bombardeiros estratégicos  



 

Página 8

Os Andradas e outros heróis da Independência do Brasil - 9