Ano 2007

Edição 2630

Múltis reforçam controle sobre setor estratégico

Anatel dá de presente a 3G para monopólio da Telefónica e AT&T

Contar que o capital externo será base da concorrência e do desenvolvimento é pretender enganar ou ser enganado

O leilão da terceira geração (3G) da telefonia celular, promovido pela Anatel, foi um caso de polícia. As operadoras que monopolizavam a telefonia celular antes do leilão eram a Vivo, Tim, Telemig (todas da Telefónica), a Claro (AT&T) e a Oi (Telemar). Depois do leilão, as operadoras que vão monopolizar a 3G são a Vivo, Tim, Telemig, Claro e a Oi. Como a competição aumentou muito, o sr. Sardenberg, presidente da Anatel, concluiu que os preços vão baixar... A Telefónica, dona da Vivo, Tim e Telemig e empresa mais multada da União Européia por preços extorsivos e ações ilegais contra a concorrência, tem como principal acionista o JP Morgan-Chase, o banco dos Rockefellers e dos Morgans; a AT&T, dona da Claro, é associada, oficialmente, ao Rockefeller Group. Assim, o Rockefeller, segundo a teoria do sr. Sardenberg, poderá concorrer ferozmente consigo mesmo...

21 de dezembro
Edição 2629

Estrada de Santos a Arica unirá os três países

Lula e Bachelet levam apoio a Evo e aprovam o corredor bioceânico

Acordos incluíram saúde, educação, comércio e o investimento de 1 bilhão de dólares da Petrobrás

Com quase 6 mil quilômetros de extensão, o corredor vai ligar os oceanos Atlântico e Pacífico, unindo Brasil, Bolívia e Chile, do porto de Santos até os portos chilenos de Arica e Iquique. Em La Paz, o presidente Lula anunciou investimento de US$ 1 bilhão no país através da Petrobrás. “Esses acordos respondem àqueles que queriam o distanciamento, o congelamento das relações. Esses acordos respondem àqueles que queriam o enfrentamento”, afirmou. “Estamos aqui para ajudar”.

19 de Dezembro
Edição 2628

Gênio propõe proteger cordeiro liberando lobo

Projeto quer ampliar “conteúdo nacional” entregando TVs para os capitais externos

Sôfregas para veicular os frutos da nossa cultura, as empresas americanas penhoradas agradecem

O substitutivo do deputado Jorge Bittar (PT-RJ) propõe que o capital externo possa ter 100% das TVs pagas, e que elas veiculem cotas de “conteúdo nacional”. Atualmente, já existe um monopólio externo na TV paga. Exatamente por isso, sua programação também é externa. É para determinar qual o conteúdo que se tem a propriedade. Provavelmente, é mais fácil converter a Condoleezza Rice ao chavismo, do que fazer de TVs estrangeiras as porta-vozes do conteúdo nacional.

14 de dezembro
Edição 2627

Democracia, independência e integração

Banco do Sul: marco de novo salto para a libertação continental

Fundação foi comemorada pelos chefes de Estado de sete países

Os presidentes de Brasil, Argentina, Venezuela, Bolívia, Equador, Paraguai e Uruguai assinaram no domingo, em Buenos Aires, a ata de fundação do Banco do Sul. “Vamos superar limitações de acesso a financiamentos junto a bancos multilaterais de fomento e bancos privados. Vamos dar passo importante para fortalecer a autonomia financeira da América do Sul. Este será o primeiro banco internacional verdadeiramente controlado pelos países de nosso continente”, afirmou o presidente Lula, em seu discurso na Casa Rosada, sede do governo argentino, ao lado dos presidentes Nestor Kirchner e sua sucessora Cristina, Hugo Chávez, Evo Morales, Rafael Correa e Nicanor Duarte.

12 de Dezembro
Edição 2626

Choque de verdades dilata placar: 51 a 29

Discurso de Renan arrasa impostura e convence plenário

Mídia golpista e aderentes colhem novo fracasso no intento de submeter Casa

Senado viveu, na terça-feira, um de seus momentos históricos, quando o senador Renan Calheiros fez o seu discurso de defesa. Depois dele, apenas 29 senadores aceitaram coonestar uma das campanhas mais sórdidas – e, de resto, fascista - que já se fizeram contra um homem público neste país; 48 senadores votaram contra e 3 se abstiveram. Em sua intervenção, Renan destruiu cada ilação, presunção ou suposição do relatório Péres – uma cópia, até nos erros factuais, da difamação de “Veja”, em linguagem pseudo-jurídica. Leia os principais trechos do discurso e a cobertura completa nas páginas 2 e 3.

07 de dezembro
Edição 2625

Mudanças seguirão em ritmo de bolero

Chávez aconselha a oposição a valorizar vitória e retornar ao leito da democracia

Presidente mostra que acatar vontade do povo e instituições nacionais é princípio inegociável

Em discurso em cadeia nacional de rádio e TV, ainda na madrugada de domingo para segunda-feira, 3, o presidente Chávez reconheceu com tranqüilidade o resultado do referendo sobre o aperfeiçoamento da Constituição e agradeceu e felicitou “àqueles que votaram pela minha proposta e aqueles que votaram contra”. Dirigindo-se a esses, o presidente destacou que eles puderam comprovar “que esse é o caminho, e oxalá que se esqueçam da desestabilização”. “O povo venezuelano goza de plenas liberdades”, acrescentou.

05 de Dezembro
Edição 2624

Sem provas e sem compromisso

Mercadante agora quer cassar Renan e aprovar a CPMF com os votos da oposição

Agressões ao PMDB não ajudam nem um pouco a consolidar a coalizão

O senador Aloízio Mercadante, na CCJ do Senado, afirmou que no julgamento passado de seu colega Renan Calheiros se absteve porque “havia indícios mas não havia uma prova conclusiva”, mas que agora votará pela cassação porque “neste relatório novamente nós temos indícios”. Provas, Mercadante também não encontrou. Mas, esclareceu, os indícios de agora são “absolutamente construídos ao longo da história”. Realmente esses “indícios”, como os outros, foram “construídos”. A diferença, portanto, é que Mercadante acrescentou a eles a palavra “absolutamente”.

30 de novembro
Edição 2623

HP denunciou o assalto, em 21/9/2005

Procurador conclui que Azeredo roubou dinheiro do Estado

De fato, os quadros do PSDB, como ressalta FH, são “mais preparados”

Segundo somou o Procurador Geral da República, os valores subtraídos ao erário de Minas chegaram a R$ 3,5 milhões. “Houve desvios de recursos públicos praticados em detrimento da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e da Companhia Mineradora de Minas Gerais (Comig) no montante de um milhão e quinhentos mil reais cada um, além do desvio de quinhentos mil reais do Grupo Financeiro do Bemge”, afirma o documento. Além disso, teriam sido desviados do Estado para a campanha de Azeredo, segundo o mesmo relatório, mais R$ 1.673.981,90 da Cemig com pretexto de financiar o Enduro da Independência.

28 de Novembro
Edição 2622

Processo deslancha na Câmara

CCJ vota “Sí” ao ingresso da Venezuela no Mercosul

Decisão da Comissão para integrar democracias da América do Sul foi tomada por larga margem: 44 a 17

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados (CCJ) aprovou nesta quarta-feira, por 44 votos a 17, o ingresso da Venezuela no Mercosul, conforme o voto do relator deputado Paulo Maluf (PP-SP). A matéria agora vai para votação no plenário da Casa em regime de urgência, seguindo para o Senado após a sua aprovação por maioria simples. O projeto ratifica o texto do protocolo assinado em Caracas, em julho de 2006, pelos países que fazem parte do bloco econômico.

23 de novembro
Edição 2621

Governador teoriza “entrega total” em SP

Serra diz que sua privatização não é igual a de FHC

É apenas pior, por ser mais completa e mais hipócrita

O governador Serra, que recentemente mandou avaliar o preço de todas as estatais paulistas, e depois disse que não era para privatizar, declarou que, como chefe da privatização no governo FH, “eu mesmo dizia que a privatização iria aliviar e liberar gastos públicos”. A privatização de Fernando Henrique foi um desastre em que 86,4% dos recursos arrecadados foram para benesses aos açambarcadores das estatais, 546 mil trabalhadores foram demitidos, e o patrimônio foi entregue por um vigésimo do valor. Serra, como prefeito, tentou privatizar até os postes, agora, mandou avaliar o preço das estatais só para saber e não para vender. Nisso reside a diferença entre a privatização de FH e a de Serra: esta é total, mais hipócrita, mais cínica.

21 de Novembro
Edição 2620

Abert diz que “guerrilha hostil” tem que cessar

Truculência da Anatel para desnacionalizar a mídia choca o setor

Anunciou transferência de quatro freqüências da TV aberta para teles

Os constantes atropelos à legislação brasileira executados pela Anatel para que as teles avancem o seu controle sobre o conjunto da mídia, desnacionalizando de vez o setor, provocaram forte protesto. A gota d’água foi a decisão da Agência de reduzir o espectro de UHF ocupado por repetidoras de TVs abertas passando quatro canais para as teles utilizarem em transmissões de TV paga em 4 mil municípios. Em nota, a Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) exigiu a cessão “das condutas de guerrilha deliberadamente hostis à radiodifusão brasileira” por parte da Anatel.

16 de novembro
Edição 2619

Reservas podem atingir 120 bilhões de barris

Triunfo da Petrobrás esconjura agouro dos criadores de apagão

Petróleo apenas estava esperando FHC sair para nos dar o ar de sua graça

A Petrobrás, depois de intenso trabalho de pesquisa e prospecção, descobriu a maior província petrolífera do país e uma das maiores reservas de todo o mundo. O volume de óleo e gás, somente na área inicial batizada de Tupi, que representa uma pequena parte da nova fronteira, aumentará em 8 bilhões de barris as atuais reservas de petróleo e gás brasileiras, que somam hoje 14 bilhões de barris. Com a incorporação do restante das novas áreas as nossas reservas podem chegar a 120 bilhões de barris. No início do governo Lula as reservas do Brasil estavam em 11 bilhões de barris.

14 de Novembro
Edição 2618

Lula desengana os criadores de apagão

“Não vai faltar nem gás nem energia”

Planejamento estratégico e eficiência admistrativa garantem a tranqüilidade para um futuro bem longo

O presidente Lula repeliu na quarta-feira, em discurso na cerimônia de abertura do 5º Encontro Nacional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural - Prominp, as cassandras do apagão. “Podem ficar tranqüilos, não vai faltar gás e nem energia neste país”, reafirmou o presidente, que citou as iniciativas com a Bolívia e os investimentos da Petrobrás no Brasil. “Estamos investindo muito na produção de energia. Estamos construindo Madeira. Estamos discutindo o projeto do gasoduto com a Venezuela”. “Estamos fazendo aquilo que precisa ser feito para garantir que o Brasil tenha tranqüilidade energética num futuro, eu diria, bastante longo”.

09 de novembro
Edição 2617

Época copia Veja e frauda até foto do presidente Chávez

Cruzada da mídia golpista contra Venezuela tem por base o inconformismo com os avanços da democracia

“Época” resolveu imitar a “Veja”, falsificando uma foto do presidente Chávez na capa de sua penúltima edição (ver acima). Mas, no terreno do fascismo editorial, “Veja” continua imbatível. Em 11 páginas de xingamentos, a prova de que Chávez é um ditador são 7 artigos – dos 350 – da Constituição venezuelana. Quase todos, dispositivos que também existem na nossa Constituição. Além disso, a revistinha chegou à conclusão de que as ditaduras existem por causa da democracia. Logo, supõe-se, para impedir as ditaduras, só acabando com a democracia...

07 de Novembro
Edição 2616

Monopolização selvagem da mídia pelas teles

Anatel comete novo ilícito para fazer Abril laranja da Telefónica

E o nosso presidente da Câmara acha que ainda é cedo para instalar a CPI

Após cometer o grave ilícito de chancelar a participação de estrangeiros no controle de empresas de TV a cabo, ao permitir a venda da TVA pelo grupo Abril para a Telefónica, o que é proibido pela lei brasileira, a Anatel voltou a ser co-autora de um novo crime relacionado ao mesmo caso ao liberar - por 3 a 2 - a espanhola para operar telefone fixo e TV por assinatura numa mesma cidade, fato expressamente vedado pelos contratos de concessão das teles. Em julho, o conselheiro Plínio Aguiar revelou que o grupo Abril se tornou laranja da multinacional ao dar a ela o controle da TVA através do expediente de Reunião Prévia de acionistas.

02 de novembro
Edição 2615

Neoliberais soçobram na Argentina

Desenvolvimento e juro baixo dão vitória à Cristina

Eleita com o dobro da votação do 2º colocado

A vitória de Cristina no primeiro turno demonstrou amplo apoio popular à política de desenvolvimento. Com taxa de juro real em 0,2% e câmbio favorável à economia nacional, a Argentina cresceu 51% em quatro anos.

31 de Outubro
Edição 2614

Favorecimento escandaloso, imoral e ilegal

Anatel se amanceba com teles para matar concorrência na área de telefonia e mídia

Caso da venda da TVA pelo grupo Abril à Telefônica foi apenas a ponta do iceberg

Ao aprovar na última terça-feira a compra das operadoras de celular TIM e Telemig Celular pela Vivo (Telefónica) - concentrando 53,65% dos celulares - e a aquisição da empresa mineira de TV a cabo Way TV pela Oi (Telemar) - permitindo uma empresa de telefonia entrar no setor de TV a cabo -, a Anatel passou escandalosamente por cima da lei para favorecer as empresas de telefonia, em sua maioria estrangeiras, no açambarcamento das telecomunicações no Brasil. Para o presidente da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA) Alexandre Annenberg, a anuência da Anatel foi “um golpe às regras”.

26 de outubro
Edição 2613

Segundo processo tem menos base que o primeiro

Jefferson admite que acusações de Lyra a Renan são “frágeis”

Para relator oposicionista, até agora nada há que se pareça com uma prova

O senador Jefferson Peres, relator do processo no Conselho de Ética, considerou que até agora são frágeis as bases - documental e testemunhal - da acusação de que o senador Renan Calheiros seria proprietário não declarado de duas emissoras de rádio. “É difícil, mas estou correndo atrás”, disse o senador. Em entrevista, Peres, que é professor de Direito, afirmou que “como relator eu terei que me ater ao que contêm os autos. Se eu não conseguir alguma prova, testemunhal que seja, contra o senador Renan Calheiros, eu terei que dizer isso e pedir o arquivamento do processo”. O senador Jefferson Peres havia proposto uma acareação entre Renan e seu acusador, e inimigo político, o usineiro João Lyra. “Se o empresário João Lyra concordar”, dissera Peres, “e o senador Renan Calheiros se recusar, será um indício forte contra ele”. Renan concordou com a acareação. Quem se recusou, não somente a ser acareado com Renan, mas a qualquer depoimento no Conselho, foi o usineiro.

24 de Outubro
Edição 2612

“Na hora da votação não tem negociação”

Lula cobra que Senado mostre “seriedade” em relação à CPMF

“Espero que todo mundo mantenha as posições com que justificaram o voto favorável das outras vezes”

“Sairá caro se não for aprovado. Eu quero ver quem no planeta Terra governa um país que pode prescindir de R$ 40 bilhões. Todos os senadores que estão lá, com raríssimas exceções, já votaram a CPMF uma vez. Eu acho importante que todo mundo releia o discurso que fez há quatro anos, há oito anos, e mantenha a posição que justificou para votar favorável da outra vez”, afirmou o presidente Lula, em entrevista coletiva, realizada na terça-feira, durante sua viagem à República do Congo. “Só queria que os senadores, em vez de pensar em si próprios ou nos seus partidos, pensassem um pouco no momento auspicioso que vive o Brasil e que tentassem contribuir para que continue a sua trajetória de desenvolvimento”. É só isso que eu quero: seriedade. Nada mais do que isso”, salientou o presidente. “Hoje eu diria para vocês que quem precisa da CPMF não é o governo. Quem precisa da CPMF é o país”, disse.

19 de outubro
Edição 2611

Ênfase no mercado originou distorções

Para Jintao, combate à desigualdade social é a “nova prioridade”

O crescimento harmônico pede superação de meios extensivos por intensivos

Em seu discurso na abertura do 17º congresso do Partido Comunista da China, o secretário-geral e presidente chinês, Hu Jintao, afirmou que “se exige uma maior coordenação do desenvolvimento interno com a abertura ao exterior”. Ele destacou, ainda, que “a crescente disparidade de renda tem de ser revertida” e considerou “o ser humano como elemento primordial para um progresso sustentável, geral e equilibrado”. Ele apresentou o objetivo da China: “um grande país socialista, com sua industrialização basicamente completada, elevado poderio nacional, um dos maiores mercados internos do mundo e condições de vida marcadamente melhoradas”.

17 de Outubro
Edição 2610

Avaliação do pacote custará R$ 20 milhões

Tucanos abrem o jogo e dão a largada para privatizar tudo em SP

Lote de 18 estatais inclui Nossa Caixa, Metrô, Cesp, Sabesp, CDHU, CPTM, EMTU, Dersa, Cetesb e até a Imprensa Oficial

Na campanha eleitoral de 2006, Alckmin que foi por muitos anos o operador do “programa de desestatização” em SP afirmou que tudo o que devia ser privatizado no Estado e no país já tinha sido privatizado. O ex-governador pretendia assim colocar-se na posição de crítico de pretensas intenções, medidas e planos privatizantes do presidente Lula, acreditando que a arguta manobra iria poupá-lo de responder pelos crimes cometidos neste departamento. Dos beneficiários da política de lesa-pátria, não faltaram registros de que a ambivalência do discurso do candidato no tocante à privatização - cujo oportunismo chocou a consciência dos eleitores - custou a sua eleição e deixou a descoberto o carro-chefe do projeto neoliberal. O governador José Serra, ao que tudo indica, depois de alguma hesitação cedeu às pressões no sentido de assumir posturas e políticas mais afirmativas em relação à privatização. Resta ver como as forças nacionais e populares vão reagir a este novo e mais truculento assalto ao patrimônio público que se pretende perpetrar à luz do dia. O fato é que caminhamos para um 3º turno das eleições de 2006 que definirá em grande medida o 1º das eleições de 2010.

12 de outubro
Edição 2609

Antes tarde do que nunca

NYT confirma em manchete: ‘Bush autorizou tortura’, como disse o HP em junho de 2004

“Os pareceres secretos são um legado encoberto do 2º mandato de Mister Bush”, afirmou o New York Times

Com três anos de retardo em relação ao HP, mas enfim, o jornal “The New York Times” confirmou na primeira página, no dia 4 de outubro de 2007, que Bush autorizou a tortura. O HP obteve, na época, os memorandos da tortura da própria mídia dos EUA, em meio ao escândalo de Abu Graib. O “NYT” revelou, ainda, a existência de mais dois memorandos secretos de 2005, mandando torturar, e outra ordem, de julho deste ano, para que a CIA retomasse a tortura e as prisões secretas.

10 de Outubro
Edição 2608

E há quem ache que aquilo é uma democracia

CIA diz que vai banir o “water-boarding” para humanizar seu programa de tortura

Método do afogamento só continuará valendo para prisões secretas

Rede de TV ABC dos EUA anunciou que, das seis “técnicas duras” de “interrogatório”, a CIA resolveu “banir” o “water-boarding” – tortura em que é usada a asfixia através de água. Porta-voz da CIA disse que, por uma questão de política, ele “declinaria de comentar” as “técnicas de interrogatório”, que “foram e continuam sendo legais”, como o espancamento, câmara frigorífica, posturas forçadas por dias. A informação veio a publico no noticiário da ABC do dia 14 de setembro, acrescentado ainda que já vigorava “desde o ano passado”, mas sem anúncio oficial.

05 de outubro
Edição 2607

Imprudentes querem implodir a coalizão

Chinaglia faz média com a ‘Veja’ à custa da honra dos companheiros

Se instalar CPI seria apoiar Renan contra Abril, adiá-la não significará o oposto?

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, declarou que decidiu não instalar a CPI da TVA/Abril “enquanto não houvesse julgamento do senador Renan Calheiros” para que não “interpretassem como contaminação uma interferência da Câmara, como observa a revista que fez as reportagens acusativas”, isto é, a “Veja”, carro-chefe da Abril, que é, exatamente, o objeto da investigação. A CPI nada tem a ver com Renan. Este é apenas o pretexto da “Veja” para impedir a CPI, destinada a apurar os ilícitos na venda, pela Abril, de ações da TVA à Telefónica de Espanha.

03 de Outubro
Edição 2606

Toma que o filho é teu. Guarda o que Deus lhe deu

Tucanos querem pôr na conta de Lula a ladroeira de Azeredo

Agora falando sério: vocês acham que isso cola ou estão enrolando o mané?

O ex-presidente do PSDB Eduardo Azeredo foi denunciado pela Polícia Federal por haver criado um caixa 2 abarrotado de dinheiro público, criminosamente desviado para este fim, quando exercia o governo de Minas Gerais. Não há como escapar da evidência. O que resta ver é se o senador mineiro subirá os degraus do patíbulo sozinho ou acompanhado de elementos da alta cúpula tucana, que ele sem maiores sutilezas ameaçou entregar, caso se sinta abandonado. Os punhais estão desembainhados nos arraiais tucanos.

28 de setembro
Edição 2605

Mais rápido se pega o mentiroso que o coxo

Sai pela culatra golpe da mídia para jogar o Senado contra Chávez

Viana dá apoio integral à Venezuela no Mercosul e retira crítica a “palavras atribuídas” ao presidente

Não durou muito a versão montada pela mídia golpista sobre supostas declarações que teriam sido feitas pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, contra o Congresso Nacional, durante o encontro com Lula, na última quinta-feira, em Manaus. “Fui informado de que o presidente Chávez deplora a maneira pela qual sua opinião ganhou manchetes”, afirmou o senador Tião Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado. “Se ele se apressa em oferecer contorno diferenciado às palavras que lhe foram atribuídas, também me sinto no dever de deixar claro que, em momento algum, tive a intenção de ofendê-lo. Jamais me opus, como não me oponho agora, ao efetivo e pleno ingresso da Venezuela no Mercosul”, disse.

24 de setembro
Edição 2604

Obstrução na Câmara e Senado é contra o Brasil

Oposição quer o fim da CPMF para acabar com a saúde pública e programas sociais

E também para que certos caixas 2 não despertem a atenção do fisco. Perdeu na primeira por 338 a 117

A tentativa de boicotar a prorrogação da CPMF na Câmara e no Senado é a despudorada confissão pública do caráter da atual oposição. Os recursos arrecadados pela CPMF vão para o Fundo Nacional de Saúde e o Fundo de Combate à Pobreza. O primeiro financia o atendimento médico público à população. O segundo, o conjunto de programas sociais do Fome-Zero, que, atendendo milhões de brasileiros, é a principal causa da redução da pobreza e diminuição da concentração de renda, ocorridas no governo Lula. A oposição não se preocupa com a injustiça dos limites de isenção e da tabela do Imposto de Renda. Nem com o fato de que bancos e especula-dores estrangeiros, a rigor não pagam impostos. Pelo contrário, é exatamente o imposto que beneficia diretamente o povo, o único, por sinal, à prova da sonegação dos magnatas, que eles querem acabar. Porém, a sua derrota na Câmara, na quarta-feira, demonstra o que realmente vai acabar.

21 de setembro
Edição 2603

Presidente agiu como verdadeiro magistrado

Desacatar veredicto das urnas é negar a democracia, diz Lula

“Decisão do Senado deve ser respeitada qualquer que seja ela”, arrematou

“Todos devem acatar as decisões tomadas democraticamente. Houve uma votação, com as regras do Senado. Ela aconteceu. E o Renan foi absolvido pelo Senado”, afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista realizada durante sua viagem à Europa, na semana passada. “Qualquer que seja a decisão, temos de respeitá-la como uma decisão soberana de uma instituição brasileira chamada Senado Federal”. “O que eu não posso admitir é que eu só possa acatar o resultado quando ele favorece aquilo que eu pensava”, disse Lula.

19 de setembro
Edição 2602

Renan combate e colhe vitória histórica

 Senado fulmina furor golpista e reafirma a sua independência 

Cassação arbitrária do presidente da Casa foi rejeitada por 46 a 35

 A sessão do Senado de quarta-feira ficará na História de nosso país. O resultado, em que apenas 35 senadores dobraram-se à coação fascistóide – e 46 (40 contra a cassação de Renan e 6 que se abstiveram) rechaçaram-na, faz com o que o Senado eleve sua independência a um novo patamar. A vitória de Renan no Senado é uma declaração de nossa Câmara Alta de que não se submete à ditadura dos monopólios de mídia, especialmente à sua banda mais degenerada, golpista e corrupta, a quadrilha Civita.

14 de setembro
Edição 2601

Golpistas no conteúdo e na forma 

Na falta das provas contra Renan, mídia alicia oposição para atropelar regimento

 Único motivo da cruzada é seu apoio ao governo Lula

Sem conseguir juntar uma única prova contra Renan, depois de mais de três meses de campanha sistemática para derrubar o presidente do Senado, a mídia golpista partiu para tentar mudar o Regimento da Casa menos de 24h antes da votação no plenário.

12 de setembro
Edição 2600

Negócio de 900 milhões usou laranjas e virtuais

 Renan expõe as vísceras da “torpeza e da delinqüência” do grupo Abril

 Conselho de Ética votou acoelhado mas plenário do Senado fará justiça ao seu altivo presidente

Em contundente discurso, o senador Renan Calheiros denunciou os “pantanosos” negócios do grupo Abril “que publica a revista Veja, que já ficou conhecida como ‘Vileja’, pela vileza de seu jornalismo desonesto, persecutório, panfletário e torpe”. Renan observa que “a tentativa de fraudar a lei brasileira, de agredir os interesses nacionais e de ludibriar o País” na venda da TVA a um grupo estrangeiro “não foi um desvio jurídico da Editora Abril. Trata-se de algo pior, de um vício, de um hábito delinqüente”. 

07 de setembro
Edição 2599

LULA CONVOCA O PT A CERRAR FILEIRAS “NADA QUE NOS ACONTEÇA PODE NOS ESMORECER”

 

05 de setembro
Edição 2598

SEGUNDO J. BARBOSA, REVERENCIAR AUTORIDADE É INDÍCIO "O BASTANTE" PARA CRIME DE MANDO

31 de agosto
Edição 2597

STF COZINHA MÍDIA E ACEITA JULGAR PETISTAS (MAS VAI ABSOLVÊ-LOS)

29 de agosto
Edição 2596

Perícia da PF prova que Renan possuía recursos pessoais para pagar pensão

25 de agosto
Edição 2595

LULA ESCLARECE A CRISE DOS EUA: "QUEM ACHA QUE A ECONOMIA É UM CASSINO PODE PERDER"

22 de agosto
Edição 2594

AUTONOMIA FAZ DAS AGÊNCIAS ARMA DE CARTEL PARA USURPAR PODER DE GOVERNOS

17 de agosto
Edição 2593

CIVITA RECEBE 1 BILHÃO PARA SE TORNAR LARANJA DA TELEFÓNICA NA TVA

15 de agosto
Edição 2592

MINORIA QUER TOMAR O SENADO NO GRITO

10 de agosto
Edição 2591

PARA A MÍDIA GOLPISTA, LULA CONTINUA EM ALTA PORQUE POVO BRASILEIRO É "POBRE E IGNORANTE"

05 de agosto
Edição 2590

"QUEM ACHA QUE VAI ME VENCER NA RUA PODE TIRAR SEU CAVALO DA CHUVA"

03 de agosto
Edição 2589

SERRA NÃO EXPLICA O METRÔ DESABADO E PONTIFICA SOBRE DESASTRE DO  AIRBUS

01 de agosto
Edição 2588

LULA TENTA APAZIGUAR GOLPISTAS NOMEANDO JOBIM PARA DEFESA

25 de julho
Edição 2587

MÍDIA GOLPISTA ESCONDE LAUDO DO IPT SOBRE O ATRITO DA PISTA

25 de julho
Edição 2586

"GLOBO" MANIPULA A TRAGÉDIA EM SP PARA INSUFLAR "CRISE AÉREA" E JOGAR CULPA EM LULA

20 de julho
Edição 2585

MAIA PAGA O APOIO DE LULA AO PAN FORJANDO VAIA PARA CONSEGUIR DOIS MINUTOS DE FAMA

18 de julho
Edição 2584

Estado retoma papel no desenvolvimento

Investimento público cresce 33% em 2007

PAC começa a acelerar o ritmo para cumprir a agenda do crescimento

Os investimentos da Administração Federal (União e empresas estatais) somaram R$ 17,609 bilhões no primeiro semestre, o que representa um aumento de 33,2% em relação ao mesmo período do ano passado, quando totalizaram R$ 13,220 bilhões. O total dos recursos já investidos este ano ainda será maior, pois ainda falta computar os dados de maio e junho das estatais, que serão divulgados no final do mês. Segundo o Comitê Gestor do PAC, em maio, 912 obras de infra-estrutura logística, energética e social e urbana já estavam em andamento, como duplicação da BR-101 Nordeste; construção das eclusas de Tucuruí (PA); reforma do Aeroporto Santos Dumont (RJ); refinaria Abreu e Lima (PE); construção das hidrelétricas Foz do Chapecó (SC-RS), Tupiratins (TO) e Serra do Facão (GO), e o Alcoolduto Goiás–S. Sebastião (SP).

13 de julho
Edição 2583

"NÃO VI NENHUM DELITO QUE POSSA SER IMPUTADO A SILAS RONDEAU", DIZ TARSO GENRO

11 de julho
Edição 2582

COM CHÁVEZ, O BRASIL CRESCEU EXPORTAÇÕES À VENEZUELA EM 562%

06 de julho
Edição 2581

SUPREMA CORTE TRAZ SEGREGAÇÃO DE VOLTA ÀS ESCOLAS DOS EUA

04 de julho
Edição 2580

LULA ORIENTA PT A NÃO TREPIDAR COM ARENGA GOLPISTA CONTRA RENAN

29 de junho
Edição 2579

REELEGER LULA DE NOVO É VONTADE DA MAIORIA, DIZ PESQUISA DO PSDB

27 de junho
Edição 2578

SEM NADA CONTRA RENAN, GOLPISTAS APELAM PARA QUE ELE SE ENFORQUE

21 de junho
Edição 2577

MÍDIA GOLPISTA MUDA DE ACUSAÇÃO CONTRA PRESIDENTE DO SENADO

20 de junho
Edição 2576

VOTO DO RELATOR ENTERRA ESCROQUERIA DA MÍDIA GOLPISTA CONTRA RENAN

15 de junho
Edição 2575

PARA LULA, ATO DE NÃO RENOVAR A LICENÇA DA RCTV FOI DEMOCRÁTICO

13 de junho
Edição 2574

OEA APROVA PROJETO DA VENEZUELA PARA DEMOCRATIZAR MÍDIA

08 de junho
Edição 2573

"TEMOS QUE APRENDER A RESPEITAR AS LEIS DE CADA PAÍS", DIZ LULA

06 de junho
Edição 2572

RENAN MOSTRA PROVAS DA TORPE ESCROQUERIA DE VEJA E SUAS FONTES

01 de junho
Edição 2571

RENAN REFUTA CALÚNIAS E CONCLUI DISCURSO SOB APLAUSO DO SENADO

30 de maio
Edição 2570

MÁFIAS ELIMINADAS POR LULA SÃO OS RESTOLHOS DO DESGOVERNO DE FHC

25 de maio
Edição 2569

EMENDA 3 É AGRESSÃO AO MAIS PRIMÁRIO DOS DIREITOS TRABALHISTAS

23 de maio
Edição 2568

LULA DIZ QUE RESPEITO À LEI MAIOR O IMPEDE DE CANDIDATAR-SE EM 2010

18 de maio
Edição 2567

RECONHECIMENTO DAS CENTRAIS AMPLIFICA A DEMOCRACIA NO PAÍS

16 de maio
Edição 2566

MANTEGA QUER REDUÇÃO DO "COMPULSÓRIO" PARA ACELERAR QUEDA DO JURO

11 de maio
Edição 2565

CENTRAIS CONVOCAM A MOBILIZAÇÃO GERAL EM APOIO AO VETO DE LULA À "LEI DA ESCRAVIDÃO"

09 de maio
Edição 2564

2.500.000 LOTAM RUAS E PRAÇAS EM SP PARA APROFUNDAR MUDANÇAS

04 de maio
Edição 2563

COMPRA DA TIM CRIA MONOPÓLIO ILEGAL DA TELEFÔNICA NO BRASIL

02 de maio
Edição 2562

"VAMOS GARANTIR A PRIMAZIA DO TALENTO SOBRE AS FORTUNAS"

27  de abril
Edição 2561

PSDB, PFL, MP-SP, CPI E MÍDIA GOLPISTA ACOBERTARAM BINGOS

25  de abril
Edição 2560

JURO NÃO CAI PORQUE MEIRELLES INSISTE EM TOMAR DE TODOS PARA DOAR AOS BANQUEIROS

20  de abril
Edição 2559

INDEPENDÊNCIA ENERGÉTICA UNE AMÉRICA DO SUL

18 de abril
Edição 2558

MEGA ENCOMENDA DE NAVIOS ATIVA MARINHA MERCANTE E ESTALEIROS

13 de abril
Edição 2557

LULA: "OPOSIÇÃO QUER CRIAR CPI PARA ENTRAVAR A APROVAÇÃO DO PAC"

11 de abril
Edição 2556

LULA DÁ TODO PODER À FAB PARA PÔR BIRUTAS DE AEROPORTO NA LINHA

06 de abril
Edição 2555

LULA DIZ AOS EUA QUE RELAÇÃO BRASIL-IRÃ NÃO É DA ALÇADA DE BUSH

04 de abril
Edição 2554

SENADO ISOLA BUSH E COMEÇA A VOTAR RETIRADA DO IRAQUE

30 de março
Edição 2553

 DIRETORES DO BC E FORÇAS OCULTAS DO MERCADO FLAGRADOS EM REUNIÃO SECRETA

28 de março
Edição 2552

TV PÚBLICA É DEMOCRACIA. MONOPÓLIOS DE MÍDIA SÃO SUA NEGAÇÃO

23 de março
Edição 2551

"VEJA" ABRE CRUZADA FASCISTA CONTRA REDE PÚBLICA DA TELEVISÃO

21 de março
Edição 2550

ANATEL ABRE A PORTEIRA PARA O CARTEL DAS TELES DOMINIAR A TV DO BRASIL

16 de março
Edição 2549

BUSH SAI DA AMÉRICA DO SUL MAIS ISOLADO DO QUE NA CHEGADA

14 de março
Edição 2548

BUSH NÃO QUER COMPRAR NOSSO ÁLCOOL, QUER AS NOSSAS USINAS

09 de março
Edição 2547

ÁLCOOL: EUA INVESTEM 2 BILHÕES DE DÓLARES PARA DESNACIONALIZAR A PRODUÇÃO DO BRASIL

07 de março
Edição 2546

SOLUÇO NA BOLSA DE NY E JURO INSENSATO DE MEIRELLES FAZEM CAIR BOLSA NO BRASIL

02 de março
Edição 2545

LULA CONVOCA TABARÉ A SE UNIR A HERMANOS E NÃO AO BIG BROTHER

28 de fevereiro
Edição 2544

LULA A MORALES: "ANTES DE SERMOS PRESIDENTES SOMOS COMPANHEIROS"

23 de fevereiro
Edição 2543

TURBA QUER COMBATER CRIMES LINCHANDO OS MONSTROS QUE CRIOU

16 de fevereiro
Edição 2542

LULA CONCLAMA O PT A MANTER O RUMO E "NÃO A ATIRAR NO PRÓPRIO PÉ"

14 de fevereiro
Edição 2541

PROMESSA DO COPOM DE MANTER JUROS ALTOS ACIRRA CRISE CAMBIAL

09 de fevereiro
Edição 2540

 LULA CORRIGE CONTAS DA PREVIDÊNCIA: "DÉFICIT" ERA SÓ TRUQUE CONTÁBIL

07 de fevereiro
Edição 2539

DRT EMBARGA OBRA NO BURACO DE SERRA

02 de fevereiro
Edição 2538

"CHAVEZ FOI ELEITO 3 VEZES DA FORMA MAIS DEMOCRÁTICA"

31 de janeiro
Edição 2537

MEIRELLES TRAVA QUEDA DE JUROS PARA SABOTAR PLANO DE CRESCIMENTO

26 de janeiro
Edição 2536

PAC: LULA ANUNCIA INVESTIMENTOS DE R$ 500 BILHÕES NO DESENVOLVIMENTO

24 de janeiro
Edição 2535

OMISSÃO, GANÂNCIA E NEGLIGÊNCIA FIZERAM RUIR O TÚNEL DO METRÔ

19 de janeiro
Edição 2534

SANHA PRIVATISTA GERA TRAGÉDIA NAS OBRAS DA LINHA 4 DO METRÔ-SP

17 de janeiro
Edição 2533

LULA SUSPENDE A PRIVATIZAÇÃO DAS RODOVIAS FEDERAIS

12 de janeiro
Edição 2532

EUA INTIMA FANTOCHES A VOTAR LEI DO ASSALTO AO PETRÓLEO IRAQUIANO

10 de janeiro
Edição 2531

LINCHAMENTO DE SADDAM EXIBE MISÉRIA MORAL DE BUSH E SUA KLAN

05 de janeiro